Quem sou ou quem és?

Seguindo ao horizonte se vai.

Vagando por vielas.

Divagando teorias.

Busca incessante.

Necessidade do eu.

Somos como gotas d’água.

A rodopiar dentro de um redemoinho.

Romper esta constante seria a meta?

Alcançar a plenitude…

Ser pluma, livre e leve

Bailando na brisa do entardecer.

Anúncios